Argentina vota dividida a descriminalização do aborto


:: El Pais em 13/06/2018 15:35 ::

A profunda divisão da sociedade argentina sobre a descriminalização do aborto será visível nesta quarta-feira no centro de Buenos Aires. Desde a meia-noite, um corredor cercado corta em duas a praça do Congresso e parte da Avenida de Mayo. À esquerda vão se manifestar os que se opõem ao aborto. À direita, os partidários de que esta prática deixe de ser feita na clandestinidade e seja legal, segura e gratuita. Já se prevê que as duas manifestações serão multitudinárias e acaloradas.

A alguns metros dali, dentro da Câmara dos Deputados, os 257 legisladores votarão um projeto de lei que legaliza a interrupção da gravidez até a 14ª semana e estende o prazo em casos de estupro, risco de vida para a mãe e malformação fetal. Estima-se que a sessão será maratônica e com final aberto. Se for aprovado o projeto, ainda faltaria superar um obstáculo: o Senado.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios