Arthur: “Não sou Xavi nem Iniesta, mas vou trabalhar para chegar no nível deles”


:: El Pais em 12/07/2018 13:37 ::

Desde que chegou na quarta-feira ao Camp Nou, Arthur não parou de distribuir sorrisos, abraços e cumprimentos afetuosos a todos que cruza pelo caminho, funcionários e dirigentes do Barcelona. “Nota-se nele uma atitude sincera”, explicam no clube. “É muito amável, atento e chegado.” Fez o mesmo nas arquibancadas do Camp Nou, quando depois de pegar o microfone –“bom dia, estou muito contente por ser jogador do Barça.

Viva o Barça! E viva a Catalunha!”, falou de memória e em um catalão bem correto– se entregou aos abraços com os dirigentes esportivos, bem como o presidente azul-grená, Josep María Bartomeu. Depois de dar alguns toques na bola, sempre com a faixa de dentes luminosos se destacando, desamarrou as chuteiras e enfim atendeu aos meios de comunicação. “Sempre foi meu sonho, desde menino, jogar no Barça”, começou com uma frase mais do que manjada. “Fiquei muito feliz quando soube que poderia vir para o Barça e acho que tenho as características para jogar aqui. Vou desfrutar ao lado de grandes jogadores.”

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios