Trump força uma reunião extraordinária da OTAN com novos ataques a seus aliados


:: El Pais em 12/07/2018 13:37 ::

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, alterou a agenda da cúpula da OTAN nesta quinta-feira para voltar a criticar seus aliados pelo que entende como falta de gastos militares. Trump interrompeu uma reunião realizada pelos 29 chefes de Estado e de Governo aliados, além de Ucrânia e Geórgia, para voltar à única questão que merece sua atenção na Aliança: o investimento em defesa. O líder norte-americano interpelou diretamente a chanceler alemã, Angela Merkel —chamando-a de “Angela”— e também mencionou outros países, incluindo Espanha, França e Bélgica, segundo fontes diplomáticas.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios