Funalfa recebe artigos para simpósio científico sobre patrimônio


:: Prefeitura em 13/07/2018 17:42 ::

1307_pjf_simposio_funalfa_release_164858.png
A Divisão de Patrimônio Cultural (Dipac) da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) abre nesta sexta-feira, 13, o período de inscrições para o 1º Simpósio Científico do seminário Olhar Sobre o que é Nosso, promovido anualmente pela instituição. A participação é aberta a graduados, graduandos e pós-graduados, maiores de 18 anos.

Dentre as atividades estão oficinas, minicurso e simpósio temático sobre Bens Culturais e as Transformações Como Legado Para as Gerações Futuras. As inscrições poderão ser feitas até dia 31 de julho, através do formulário on-line, disponível no site da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF).

Para apresentar artigos no simpósio é necessário, no momento da inscrição, enviar resumo (de mil a dois mil caracteres) em word.doc, seguindo as normas do edital. Os trabalhos devem se enquadrar no tema do seminário e em um dos eixos temáticos propostos: Dimensões do Patrimônio Imaterial, Dimensões do Patrimônio Material, Patrimônio e Educação, Patrimônio Pedra e cal e sua Interlocução com o Espaço Urbano e Diversidade Artística e Cultural em Minas Gerais. A participação no simpósio temático será validada através de pagamento da taxa de R$ 30, feito por depósito bancário. Até dois coautores serão admitidos por trabalho, desde que participem da apresentação no evento e paguem a taxa individualmente. As oficinas, minicurso e palestras são gratuitas.

Os resumos serão submetidos à avaliação de comissão técnico-científica, composta por servidores da Funalfa. A partir de 10 de agosto começarão a ser enviadas as cartas de aceite e os proponentes terão prazo de sete dias para efetuar o pagamento da taxa. Os trabalhos completos deverão ser encaminhados para o e-maildipac.funalfa@pjf.mg.gov.br até 31 de outubro. A apresentação do trabalho no evento possibilita a publicação do texto integral nos Anais do 1º Simpósio Científico do Seminário Olhar Sobre o que é Nosso, em meio digital.

Novo formato

O seminário Olhar Sobre o que é Nosso chega à sua sétima edição estreando novo formato. As apresentações, bem como as demais atividades que compõem a programação, estão previstas para os dias 19, 20 e 21 de setembro.

Oficinas

1. Requisitos Para Apresentação de Projetos de Restauração em Imóveis Tombados

Proponente: Angelica Moreira Costa Mestre em Ambiente Construído (Universidade Federal de Juiz de Fora – UFJF) e diretora da Divisão de Patrimônio Cultural Funalfa.
Data: 20/9
Horário: 8 às 12 horas
Local: Anfiteatro João Carriço (Av. Barão do Rio Branco, 2.234, Centro)
Ementa: Atendendo orientações previstas em normas nacionais e estaduais, a oficina apresentará os princípios básicos que norteiam a aprovação de projetos de restauração em imóveis tombados a serem submetidos ao Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural (Comppac).
Público alvo: Profissionais, estudantes de cursos técnicos e superiores e interessados.
Vagas: 50

2. Desenho da Memória: Desenhos Artísticos Inspirados no Patrimônio Cultural de Juiz de Fora

Proponente: Amanda Schelgshorn Pereira – Mestre em Ambiente Construído (UFJF) e Arquiteta da Divisão de Patrimônio Cultural Funalfa.
Data: 20/9
Horário: 8 às 12 horas
Local: Sala de Reuniões – Funalfa (Av. Barão do Rio Branco, 2.234, Centro)
Ementa: Oficina de desenho artístico inspirada no patrimônio histórico de Juiz de Fora, que tem por objetivo proporcionar reflexão sobre a importância da preservação.
Público alvo: Profissionais, estudantes de cursos técnicos e superiores e interessados.
Vagas: 10

Minicurso

O Inventário do Patrimônio Cultural: Aplicações e Implicações

Proponente: André Vieira Colombo Historiador e consultor em gestão do patrimônio cultural.
Data: 21/9
Horário: 8 às 12 horas
Local: Anfiteatro João Carriço (Av. Barão do Rio Branco, 2.234, Centro)
Ementa: Inventário do patrimônio cultural: instrumento de proteção ou metodologia de reconhecimento? Histórico do instrumento do inventário no Brasil. O inventário do patrimônio cultural, sob as óticas dos órgãos de proteção do patrimônio cultural brasileiro. Aplicação da metodologia de inventário às diversas categorias de bens culturais. A vigilância aos bens inventariados. O financiamento de ações de preservação dos bens inventariados.
Vagas: 50

A programação completa será oportunamente divulgada. Mais detalhes sobre a participação no Simpósio Científico podem ser solicitadas pelo telefone 3690-7327.

* Informações para a imprensa com a Assessoria de Comunicação da Funalfa 3690-7044.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios