Nicaraguenses saem às ruas contra Ortega


:: El Pais em 13/07/2018 15:51 ::

Aos seus 76 anos, Marta Rivas se plantou desde as 10h da manhã desta quinta-feira, 12, na praça Cristo Rei, em Manágua, para participar da manifestação convocada pela oposicionista Aliança Cívica e apoiada pelas câmaras empresariais para expressar seu repúdio ao presidente Daniel Ortega e exigir o fim de seu mandato, depois de mergulhar a Nicarágua na sua pior crise política desde 1990, com um saldo de 300 mortos até agora. “Estou aqui para que tenhamos justiça, paz e liberdade”, disse Rivas enquanto agitava a bandeira azul e branca da Nicarágua.

“Estou aqui para que nunca mais sejamos escravos de nenhum ditador, para que sejamos livres como as pombas.” Ao seu ao redor, reuniam-se centenas de pessoas à espera do início da manifestação, a mais importante desde a Marcha das Mães de 30 de maio, que foi atacada por hostes de Ortega, em confrontos que deixaram dezenas de mortos.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios