Investigações do caso Marielle se voltam para deputados do MDB do Rio


:: El Pais em 10/08/2018 09:42 ::

Três deputados estaduais MDB do Rio de Janeiro estão na mira dos investigadores do caso Marielle Franco, segundo informou nesta quinta-feira à revista Veja e à TV Globo o também deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL). São eles: Edson Albertassi, Paulo Melo e Jorge Picciani, este último um dos principais caciques do partido no Estado e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio (ALERJ).

Os parlamentares foram presos no ano passado pelo braço da Operação Lava Jato no Rio, acusados de terem recebido propinas milionárias de empresários de ônibus. Freixo, mentor político da vereadora, se reuniu com dois delegados da Divisão de Homicídios da Polícia Civil e procuradores do Ministério Público Federal (MPF) no dia 14 de junho para discutir o tema. A reunião foi confirmada tanto pelo deputado como pelo MPF. Em entrevista ao programa RJ TV, o deputado cobrou que os parlamentares sejam investigados e disse que irá prestar depoimento quando for chamado.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios