A sedução do açúcar, a energia rápida que já não é tão necessária


:: El Pais em 12/08/2018 17:04 ::

:: El Pais em 12/08/2018 17:04 ::

Os antepassados evolutivos do Homo sapiens tiveram diferentes dietas. Alguns se alimentavam predominantemente de vegetais, outros eram caçadores, e alguns carniceiros que competiam com as hienas pelos restos do festim dos grandes predadores. Existem dois fatores fundamentais que ajudaram ao triunfo do gênero homo. Um é o fato de cozinhar alimentos, algo que começou com o Homo erectus há quase dois milhões de anos. Isso nos permitiu aproveitar melhor os nutrientes, encurtar as digestões e possibilitou que o cérebro crescesse e se desenvolvesse sem restrições energéticas.


O cérebro do Homo sapiens consome 25% da energia que ingerimos. Para colocar uma comparação, nosso primo gorila é crudivegano (ou seja, se alimenta de verduras cruas), o que o obriga a passar 80% de seu tempo comendo e requer por volta de 20 quilos de alimento diário em média.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios