Repressão do Governo de Daniel Ortega força milhares de nicaraguenses ao êxodo


:: El Pais em 12/08/2018 17:04 ::

José Adán vendia verduras em Sébaco Matagalpa. Sua filha, Diana Ivette, estudava enfermagem na Universidade Nacional Autônoma da Nicarágua (UNAN) e os dois adolescentes da família estavam no colégio Eddy Alonso quando “os paramilitares” levaram dois colegas deles à força. Foi aí que a família decidiu deixar a casa e sair pela primeira vez da Nicarágua. Em 20 de junho – dois meses após o início dos protestos e da repressão governamental – entraram na Costa Rica, agendaram uma data para solicitar refúgio e desde então veem o tempo passar, hospedados na casa de conhecidos em Aserrí, um povoado rural 10 quilômetros ao sul de San José.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.