Em visita a JF, Meirelles fala em trazer programas para a região


:: TM Cidade em 05/09/2018 23:52 ::

meireles-post.gifCandidatos do MDB à presidência da República e ao governo do estado, Henrique Meirelles (centro) e Adalclever Lopes (à direita) participaram do lançamento da candidatura de Bruno Siqueira à Assembleia de Minas (Foto: Felipe Couri)

Os candidatos à Presidência da República Henrique Meirelles (MDB) e ao Governo do Estado Adalclever Lopes (MDB) visitaram Juiz de Fora, nesta quarta-feira (5).
Continuar lendo

Anúncios

Bruno Siqueira lança candidatura a Deputado Estadual ao lado de Henrique Meirelles e Adalclever Lopes


:: Diário Regional em 05/09/2018 23:32 ::

Bruno Siqueira lançou oficialmente nessa quarta-feira, 5, sua candidatura à Assembléia Legislativa, no Casarão Imperial, no bairro Poço Rico, em Juiz de Fora. O ex-prefeito de Juiz de Fora é candidato a Deputado Estadual pelo partido MDB. Bruno Siqueira chegou ao local do evento acompanhado do candidato à Presidência Henrique Meirelles (MDB) e do candidato ao Governo de Minas, Adalclever Lopes (MDB), que estiveram presentes para apoiar o lançamento da candidatura do ex-prefeito. Também estiveram presentes na solenidade, correligionários como o Deputado Federal Leonardo Quintão (MDB), que está em campanha para reeleição, lideranças polícias locais e regionais, como o prefeito Antônio Almas (PSDB) e o vereador Marlon Siqueira (MDB), além de militantes e apoiadores.

Os três candidatos fizeram pronunciamentos.
Continuar lendo

O Incêndio da Razão Comum


:: El Pais em 05/09/2018 23:12 ::

O Brasil ignora investimentos na proteção e promoção da sua memória há muito tempo. Tanto que até já esqueceu que precisa fazer isso. São necessárias catástrofes para lembrar. Ocorre que infelizmente se transformam em espetáculos midiáticos e raramente trazem mudanças.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Mulheres, uma barreira para a vitória de Bolsonaro


:: El Pais em 05/09/2018 23:12 ::

Um aspecto das duas últimas eleições presidenciais foi pouco salientado pelos analistas. Depois de cinco eleições (1989, 1994, 1998, 2002 e 2006) em que apenas candidatos do sexo masculino obtiveram mais de 10% dos votos, duas mulheres concorreram (Dilma Rousseff e Marina Silva), e receberam juntas cerca de 2/3 dos votos: 66% em 2010 e 63 % em 2014.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Bolsonaro ameaça oponentes e ataca legitimidade da disputa eleitoral pelo Planalto


:: El Pais em 05/09/2018 23:12 ::

Para os apoiadores, Jair Bolsonaro sorri e acena ou faz símbolos de coração ou de armas com as duas mãos. Para os diversos opositores que o xingam por um caminho de dez quilômetros, o ultradireitista apresenta gestos de prisão, no qual faz uma espécie de cela usando os dedos indicadores e médios das duas mãos. Assim o candidato do PSL à presidência se alterna por pouco mais de duas horas em uma carreata que reuniu 1.000 carros e motocicletas que passou pelas cidades satélites de Ceilândia e Taguatinga, no Distrito Federal, nesta quarta-feira.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

PRF realiza “Operação da Independência”


:: Diário Regional em 05/09/2018 22:32 ::

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizará a ‘Operação da Independência 2018’. A operação terá início às 0h do dia 6, quinta-feira, e terminará às 23h59 do dia 9, domingo. As ações desenvolvidas pela PRF durante a operação têm como objetivo a prevenção e diminuição da gravidade de acidentes e fluidez e combate às infrações de trânsito, em especiais as condutas geradoras de acidentes.

A fiscalização e o policiamento vão ser feitos de forma intensificada, através de rondas nas rodovias, em especial os trechos considerados críticos pelo alto índice de acidentes e pela taxa elevada de infrações de trânsito.

Cerca de 800 policiais estarão envolvidos na “Operação da Independência”, além de 230 etilômetros e 23 radares.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Amoêdo apresenta propostas elitistas e vazias


:: Kennedy Alencar em 05/09/2018 22:32 ::

Em sabatina hoje na CBN/G1, João Amoêdo apresentou propostas elitistas e vazias. Mostrou despreparo para ser presidente.

Voltou a menosprezar políticas públicas de distribuição de renda. Afirmou que o importante era combater a pobreza, no contexto de que gerar riqueza seria a prioridade.

Ora, a escravidão gerou riqueza para poucos. Na ditadura militar, ouvimos que era preciso esperar o bolo crescer para depois ser dividido. Juros altos, adorados pelo mercado financeiro, são concentradores de renda. Geração de riqueza por si só não combate a pobreza.

Amoêdo respondeu a uma pergunta de Claudia Croitor indagando se ela preferia um Japão desigual ou um Afeganistão igualitário.
Continuar lendo