Setembro Amarelo – ação conscientiza sobre prevenção do suicídio


:: Prefeitura em 12/09/2018 18:26 ::

1209_setembro_amarelo_174535.png
Dentro das ações do Setembro Amarelo, realizadas em todo o país para chamar a atenção sobre o suicídio, o curso de Psicologia da Faculdade Machado Sobrinho, em parceria com a Secretaria de Comunicação Social (SCS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), através do Projeto Bem Comum, realiza uma ação de valorização da vida neste sábado, 15, das 9 às 13 horas, no Calçadão da Rua Halfeld.

Atualmente, a temática suicídio deixou de ser tabu e vem ganhando espaços de discussão na sociedade. Meios de comunicação e redes sociais têm sido aliados nessa luta pela valorização da vida. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelam que o autoextermínio é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos no Brasil. Entre as principais causas que levam uma pessoa a acabar com a própria vida, estão problemas como depressão, abuso de drogas e situações temporais que despertam forte carga emocional, como o fim de um relacionamento amoroso ou a perda de um emprego.

Na Faculdade Machado Sobrinho, o Setembro Amarelo, que marca o período de conscientização realizado no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), conselhos federais de Medicina (CFM) e de Psicologia (CFP), vem sendo usado como proposta de trabalho com a comunidade estudantil desde 2016.

A iniciativa, que pela primeira vez conta com a parceria da Prefeitura de Juiz de Fora, reunirá alunos, ex-alunos e professores, que, vestidos de amarelo, atuarão em um dos pontos de grande movimentação de pessoas para conscientizar a população sobre valorização da vida.

No próximo sábado, com banners, cartazes, panfletos, estas pessoas estarão espalhadas pelo Calçadão para disseminar calor humano, orientações e acolhimento. Durante a ação, se percebidos casos específicos que necessitem de uma atenção maior, os profissionais poderão se reunir para avaliar a melhor conduta para o acolhimento.

De acordo com a psicóloga e coordenadora do curso de Psicologia da Faculdade Machado Sobrinho, Daniele Rangel, antes de participarem das ações, os alunos são orientados sobre o suicídio e o papel do psicólogo como profissional que pode contribuir na prevenção.

Essa ação tem como principal objetivo mostrar como a conscientização sobre a prevenção ao suicídio pode ajudar a quebrar tabus e desmistificar o assunto, fazendo com que as pessoas possam pedir ajuda sem sofrer preconceito, explica Daniele.

*Informações com a Secretaria de Comunicação Social pelo telefone 3690-7245.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios