Confira as decisões tomadas pelo Conselho Superior nesta sexta – Notícias UFJF


:: UFJF em 14/09/2018 19:16 ::

campus-completo-e1516711730235-300x199.jpg

Regulamentação dos cursos de pós-graduação lato sensu e situação de obras compuseram os assuntos da pauta (Foto: Twin Alvarenga/UFJF)

O Conselho Superior (Consu) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) reuniu-se nesta sexta-feira, 14, e discutiu questões importantes para a comunidade acadêmica.

Entre os assuntos em pauta, o Consu debateu a minuta de resolução que regulamenta o funcionamento dos cursos de pós-graduação lato sensu na instituição. O documento traça uma série de normas e meios de controle com a intenção de garantir a qualidade dos cursos oferecidos pela UFJF. A discussão ainda não foi finalizada.

Além desse assunto, os conselheiros voltaram a debater a relação de prioridades das obras a serem feitas na UFJF, usando recursos de reserva técnica, recursos com destinação específica e recursos de investimento. Diante das falas, o reitor Marcus David sugeriu que seja encaminhada pela Administração Superior uma lista de obras exequíveis – que têm recurso destinado e podem ser licitadas – para serem deliberadas na próxima reunião do Conselho, em caráter definitivo. A sugestão foi acatada pelos conselheiros.

O Consu ainda aprovou por unanimidade a publicação de uma Moção de Solidariedade à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a toda sua comunidade acadêmica e ao reitor Roberto Leher, em virtude do incêndio do Museu Nacional. A sugestão foi feita pelo diretor da Faculdade de Educação, Álvaro de Azeredo Quelhas. Confira o documento.

Informes
Entre os informes feitos pelo reitor, David mencionou o início das visitas às unidades acadêmicas da UFJF para apresentar o plano estratégico para os próximos anos, ressaltando o total de 11 visitas até o momento.

O reitor também tratou da publicação de portaria pelo Ministério da Educação (MEC) que cancela seis códigos de vaga para professores que haviam sido realocados pelo Consu conforme prioridade. A Administração Superior enviou ofício ao ministro da Educação, Rossieli Soares, pedindo esclarecimento sobre o cancelamento dos códigos de vaga. O assunto será tratado pelo reitor na próxima reunião da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

David comunicou o envio ao MEC de informações sobre perda de recursos de custeio para o campus de Governador Valadares, apontando que houve equívoco na dotação orçamentária. Em resposta, o Ministério comprometeu-se a tratar a perda como erro e trabalhar para corrigi-lo junto ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Foram informadas ainda a publicação de nota da Reitoria e reprodução de nota da Andifes em decorrência do incêndio que destruiu o Museu Nacional e mencionados os ataques que a UFRJ e que o reitor Roberto Leher recebeu devido ao acontecimento, além do empenho que a Reitoria fez em apoiar aquela instituição.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios