Ministério Público investiga diretoria de hospital em Guarani


:: TM Região em 14/09/2018 21:56 ::

O Hospital Dr. Armando Xavier Vieira, em Guarani, cidade distante a cerca de 70 quilômetros de Juiz de Fora, está sendo alvo de investigações pelo Ministério Público. Segundo informações preliminares da Polícia Civil local, o MP acionou a corporação para dar apoio à apuração dos fatos. De acordo com o delegado Rafael Ramos Nalin, que conduz o caso, a diretoria da unidade é investigada por suspeita de “cobranças irregulares” para procedimentos e realização de exames cobertos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e por convênios particulares.

O vereador José Henriques (PSDB), técnico do Laboratório e Raios X do hospital, foi preso em flagrante pelos policiais.

Segundo o delegado, até o final da tarde desta sexta-feira (14), o procedimento do flagrante ainda estava em aberto. A Polícia Civil ainda apura a situação e, conforme o titular, “envolve muitas outras coisas”. A Tribuna ligou para o Hospital e solicitou contato com a diretoria, mas não havia nenhum responsável na tarde desta sexta. Segunda a funcionária que atendeu a ligação, ninguém da unidade sabia, até então, do ocorrido.

O post Ministério Público investiga diretoria de hospital em Guarani apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios