Temer dá giro brusco em política para museus e provoca apreensão no setor


:: El Pais em 15/09/2018 14:11 ::

O atual Ibram é uma autarquia vinculada ao Ministério da Cultura e responsável pela gestão de 27 museus federais, além do planejamento e execução de políticas públicas, ações educacionais e editais públicos para quase 4.000 museus espalhados por todo o país. Já a nova agência terá o status de serviço social autônomo, como o Sebrae, conforme explicou Sá Leitão na segunda. Será, portanto, uma Organização Social (OS), uma entidade privada que desempenhará atividades com fins públicos. Desvinculada da administração pública direta, contará com recursos próprios do chamado sistema S, além de verba vinda do setor privado.

“Terá 6% da contribuição prevista no artigo 8º da lei 8029 de 1990. Isso representa mais do que o dobro do que vinha sido disponibilizado para o Ibram”, garantiu Sá Leitão.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios