Vida de DJ nem sempre é uma festa


:: El Pais em 16/09/2018 16:47 ::

“Uma montanha-russa que nunca para”. Com essas palavras o DJ e produtor holandês Hardwell definiu sua vida como superestrela da música eletrônica após anunciar há alguns dias que deixava os palcos com somente 30 anos. “Muita pressão”, acrescentou em seu comunicado aquele que é considerado por muitos um dos melhores DJs dos últimos cinco anos. Foi um golpe duro às festas de meio planeta, mas nada comparado ao suicídio de Avicii em abril. Sua morte impactou a todos, ainda que o DJ de 28 anos também já havia abandonado antes seu trabalho pela ansiedade, o esgotamento e o alcoolismo.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios