Postos de saúde ampliam funcionamento e programam mutirões no Outubro Rosa


:: TM Cidade em 03/10/2018 22:59 ::

ubs-post.gifNa UBS do Bairro Bandeirantes ações chamam a atenção para cuidado integral (Foto: Marcelo Ribeiro)

Outubro chegou e, com ele, a campanha para luta, prevenção e conscientização sobre o câncer de mama. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), este é o segundo tipo da doença mais frequente entre as mulheres, e maior causa de morte entre elas.

Conforme a entidade, a cada ano, surgem cerca de 28% novos casos da doença. Portanto, a bandeira levantada durante o “Outubro Rosa” chama atenção para as ações de atenção e cuidado que as mulheres devem ter, no dia a dia, em relação ao próprio corpo. Como forma de prevenção, durante este mês, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) funcionarão em horários diferenciados e oferecem programação especial dedicada às mulheres.

Conforme a Secretaria de Saúde (PJF), nas Unidades de Saúde (UBSs) serão realizados exames de mamografia, e as usuárias serão orientadas sobre o câncer de mama – que pode ser prevenido, e cujo tratamento é eficaz. Haverá também a realização de exames citopatológicos para a prevenção do câncer de colo do útero e orientações sobre a prevenção de doenças crônicas e temas relacionados à saúde da mulher. Ainda serão realizados grupos de discussão sobre direito reprodutivo e atividades lúdicas, tendo em vista cuidados também com a mente.

Para facilitar o acesso do maior número de mulheres, algumas UBSs terão horários alternativos, com funcionamento ampliado até as 20h em dias programados e atendimento aos sábados. Nestas datas, segundo a pasta, haverá mutirões de preventivos, aferição de pressão arterial, atualização de cartão de vacinação, avaliação do índice de massa corporal (IMC), exames clínicos, solicitação de mamografias, orientações diversas e individuais, dia de beleza e maquiagem após coleta de exames, contribuindo, assim, para a autoestima das mulheres.

Critérios

A Secretaria de Saúde pontua, no entanto, que, de acordo com os critérios preconizados pelo Ministério da Saúde para realização da mamografia de rastreamento e preventivo do câncer de colo, as mulheres devem preencher os seguintes critérios de idade: 25 a 64 anos, para realização do papanicolau a cada três anos; 40 a 49 anos – exame clínico de mama uma vez ao ano; 50 a 69 anos – mamografia de rastreamento a cada dois anos. A programação completa de cada unidade, bem como os horários de funcionamento estendido, podem ser acessados por meio do site da Prefeitura.

Hospitais têm programação especial

Durante o mês de outubro, a Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer de Juiz de Fora (Ascomcer) irá aumentar o número de exames de mapeamento. Segundo a assessoria de comunicação do hospital, que desde 1º de outubro tem sua fachada iluminada pela cor rosa para chamar a atenção para a campanha, mulheres com idade entre 50 e 69 anos podem realizar o exame gratuitamente na instituição. Aquelas que estão fora desta faixa etária podem procurar a Ascomcer para fazer o exame de forma particular.

Além de palestras e ações solidárias para pacientes e familiares, a unidade vai disponibilizar, durante todo o mês, em diversos pontos da cidade, o Ascomóvel, para a realização de exames preventivos e clínicos de mama. A sexta edição da já tradicional Corrida Solidária da Ascomcer acontece no dia 21, às 8h, no campus da Universidade Federal de Juiz de Fora. A Passeata Solidária, com a presença de mulheres e pacientes que venceram o câncer de mama, vai acontecer no dia 31, às 14h, no Parque Halfeld.

Por meio da Fundação Instituto Clínico Juiz de Fora, O Instituto Oncológico do município também terá programação especial para o mês. Além dos informativos já espalhados pela unidade, o hospital terá ações para contribuir com a autoestima das mulheres e conscientizar sobre o câncer de mama. Na segunda-feira (15), às 16h, vai acontecer o Centro de Estudos e será realizado um bate-papo com a médica mastologista do Instituto, Carolina Teixeira Lopes.

Conscientização

O laço cor-de-rosa, símbolo da campanha de prevenção contra o câncer de mama, é uma marca para alertar e informar a população sobre a doença. É um apelo visual que lança luz para o diagnóstico precoce e demonstra apoio à causa. Por isso, do início ao fim deste mês, a Tribuna trará o laço rosa na capa do jornal em apoio à campanha do Outubro Rosa.

O post Postos de saúde ampliam funcionamento e programam mutirões no Outubro Rosa apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios