UFJF é oitava em internacionalização no Ranking Universitário Folha 2018 – Notícias UFJF


:: UFJF em 03/10/2018 17:44 ::

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) é a oitava melhor colocada no quesito “internacionalização” do Ranking Universitário Folha 2018 (RUF). A UFJF ainda é apontada como a terceira melhor universidade do Estado de Minas Gerais (MG) pelo ranking, ocupando a 23ª colocação na classificação geral.

Segundo a diretora de Relações Internacionais da UFJF, Bárbara Daibert, grande parte do mérito pela excelente classificação se dá aos pesquisadores da Universidade, que publicam seus trabalhos com parcerias sólidas, em revistas internacionais de grande alcance, e também “todo o incentivo que esta gestão tem dado a novas parcerias, manutenção de projetos, mesmo em tempos de crise.

Aos projetos todos de parceria entre a Propp (Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação) e a DRI, que têm aberto as portas da UFJF para professores estrangeiros, por meio de editais; e a todos os programas de internacionalização que incentivam os professores e pesquisadores a colaborar com parceiros de fora do país”.

Bárbara acrescenta que os próximos editais a serem lançados pela DRI ajudarão a alavancar ainda mais a posição da UFJF no processo de internacionalização, com destaque para o edital de revisão de artigos em inglês, espanhol, alemão e francês. “Por meio do edital, a Diretoria terá condições de oferecer revisão de textos escritos em língua estrangeira, para que eles sejam enviados às publicações. Isso vai aumentar o número de publicações no exterior”, explica.

A diretora também destacou o edital do projeto Mais Idiomas, que aumenta o escopo de línguas oferecidas na UFJF, por meio de oferta de bolsa a aluno em intercâmbio, para que ele ofereça aulas de seu idioma nativo. “Esse edital gera duas consequências: teremos oferta de idiomas aqui, como japonês, alemão, coreano e línguas africanas, aumentando a diversidade e abrindo outras possibilidades. Por outro lado, pedimos às instituições que enviam esse alunos também bolsas para os nossos alunos de graduação, em mobilidade lá no exterior. Eles terão a bolsa se ensinarem português, com tutoria remota.”

O RUF é feito pela Folha desde 2012 e avalia as 196 universidades brasileiras, públicas e privadas, com base em cinco indicadores: pesquisa, ensino, mercado, internacionalização e inovação. Os dados são coletados por meio de bases de informações, como Inep-MEC, Enade, SciELO, Web of Science, Inpi, Capes, CNPq, fundações estaduais de fomento à ciência, além de duas pesquisas anuais feitas pelo Datafolha.

Outras informações: Ranking Universitário Folha 2018 (RUF)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios