Aberto prazo para cadastro de estudantes que farão o Enade 2018 – Notícias UFJF


:: UFJF em 08/10/2018 16:29 ::

prova4-e1496937444811-300x200.jpg

Graduandos de oito cursos da UFJF têm até 21 de novembro para efetuarem a inscrição (Foto: Leandro Mockdece/UFJF)

Os graduandos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) que farão a edição 2018 do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) têm até as 23h59 do dia 21 de novembro para efetuarem o cadastro dos alunos concluintes habilitados para fazerem o Enade.

Também está aberto o período para solicitação de atendimento específico e especializado.

As duas etapas são de responsabilidade do estudante e foram introduzidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na edição passada do Exame. Este ano serão avaliados alunos dos cursos que conferem diploma de bacharel em 14 áreas, além de 13 áreas de tecnólogo.

O cadastro deve ser realizado através do Sistema Enade, ou pelo Aplicativo do Exame, já disponível na Google Play e na Apple Store. Podem se cadastrar apenas os estudantes que foram previamente inscritos pelos coordenadores de curso.

O estudante ainda deve verificar se o cadastro foi concluído com sucesso para garantir que possa responder ao Questionário do Estudante e participar da prova, que será aplicada no dia 25 de novembro. Segundo o cronograma do Enade, os locais de aplicação do Exame devem ser divulgados a partir do dia 9 de novembro.

Na UFJF, os cursos que participam desta edição são: Jornalismo, Serviço Social, Psicologia, Design e Turismo, oferecidos pelo campus de Juiz de Fora; além de Economia, Administração, Ciências Contábeis e Direito, oferecidos pelos campi de Juiz de Fora e de Governador Valadares.

Obrigatoriedade do Exame para Colação de Grau
Os alunos dos cursos que fazem parte do ciclo de 2018 do Enade que, por algum motivo, não realizarem a prova em novembro, não poderão colar grau no final do ano, nem no final do primeiro semestre de 2019. Essa medida faz parte do novo edital lançado pelo MEC, que alterou a forma de a Universidade regularizar a situação do aluno.

Até ano passado, o formando que estava irregular esperava até o meio do ano seguinte, quando saía o novo edital, para fazer sua inscrição e ficar em dia, automaticamente. Agora, uma das mudanças do edital é que a normativa será lançada em setembro, não mais em junho. O MEC ainda divulgará uma portaria para os alunos que estão irregulares e se formam no próximo semestre.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios