Com vitória do PSB no Pernambuco, PT sonha com apoio nacional do partido


:: El Pais em 08/10/2018 16:09 ::

A eleição no primeiro turno de Paulo Câmara em Pernambuco, o segundo maior colégio eleitoral do Nordeste, coroou a estratégia política costurada entre PT e PSB na véspera da eleição. Para evitar que o PSB, partido de Câmara, não apoiasse Ciro Gomes (PDT) na esfera nacional, os petistas rifaram sua candidatura própria no Estado, a de Marília Arraes, que aparecia em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto. Com isso, evitou que Ciro tivesse mais tempo de TV e um palanque forte no Nordeste. O PSB, por sua vez, conseguir eleger Câmara já no primeiro turno, com 50,70% dos votos válidos.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios