Superliga de Xadrez define 15 campeões do ano


:: TM Esportes em 08/10/2018 17:49 ::

xadrez-divulgacao.jpgEvento lotou o salão do clube Cascatinha na tarde do último sábado (Foto: Divulgação)

O esporte da mente dominou o Clube Cascatinha na tarde do sábado (6), com a reunião de 440 enxadristas e seus familiares durante a disputa da Superliga de Xadrez. Após seis etapas, contando as cinco classificatórias da Liga X, foram conhecidos os melhores jogadores de xadrez do ano em 11 categorias, mais três campeões.

Na categoria sub-7, Caio Chiaini de Oliveira, do Colégio São José/Instituto Vianna Júnior, e Ester de Castro Arantes, do Colégio Santa Catarina (CSC), foram os campeões no absoluto e feminino, respectivamente.

No sub-9, os títulos ficaram com Henrique Loureiro Botelho, do CSC, e Luisa Moreira Lopes, do Colégio Degraus de Ensino. Na disputa sub-11 ninguém pontuou mais que Elisa Reis Coelho, do Degraus, e Gabriel Leão Quadros, do Colégio dos Jesuítas.

Primeiro colocado no Brasileiros de Xadrez Escolar deste ano na categoria 7º ano masculino do Ensino Fundamental, Matheus Mendes Ribeiro voltou ao topo do pódio, desta vez no sub-13, na representação do CSC, com Yasmin de Souza Trindade, do Colégio Apogeu, sendo vitoriosa no feminino da mesma faixa etária. Lucca Pimenta Cardoso (CSC) e Ashley Kelly da Silva (Escola Municipal Gabriel Gonçalves da Silva) levaram o ouro no sub-15 e, no sub-18, Natã Amarildo Jesus, da Escola Estadual Governador Juscelino Kubitschek, obteve o melhor rendimento.

Na categoria de acesso, voltada a jogadores com mais de 18 anos e rating de iniciante na Liga X, Felipe Ramos foi o melhor colocado. Já na disputa livre, que envolve professores e atletas mais experientes e com maior pontuação na Liga X, o troféu foi para Pedro Lage. O enxadrista Rafael Muller dos Santos, 13 anos, também aluno do Colégio Santa Catarina, foi o vencedor da disputa de maior pontuador da temporada, com a soma das performances das etapas da Liga X. Por fim, no mistão, que envolveu alunos não classificados para a Superliga, Igor Martins venceu a disputa. O Colégio Santa Catarina também foi premiado com o título coletivo da Liga X.

Organizador do evento, o professor Haroldo Carvalhido não apenas comemorou o andamento normal das disputas no sábado, como já projetou crescimento para 2019. “Tivemos 440 alunos com alguns até de São Paulo, Barbacena, e 45 escolas participaram em um nível muito forte. A Liga contou com mais parceiros, e tenho que agradecer a todos por isso. A esperança é a de que tenhamos mais jogadores para o ano que vem. Deu tudo certinho, o evento foi um sucesso. Em dez anos nunca teve uma briga sequer, todos foram comportados. E é importante lembrar que estiveram no evento os melhores da região. Quem perdeu no dia já é um vencedor e, se quiser evoluir, tem que voltar aos treinos. Assim como o campeão tem que continuar estudando para não deixar o segundo colocado alcançá-lo.”

O post Superliga de Xadrez define 15 campeões do ano apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios