Intecoop tem novo coordenador – Notícias UFJF


:: UFJF em 09/10/2018 18:14 ::

prof-luis-carlos-barbosa-300x300.jpeg

Luís Carlos Barbosa é vice-coordenador do curso de Ciências Contábeis (Foto: Arquivo pessoal)

O professor da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis (Faac), Luis Carlos Barbosa, é o novo coordenador da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (Intecoop) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Ele assume o cargo antes ocupado por Ana Lívia Coimbra, atula pró-reitora de Extensão, e fala em ampliar a atuação do projeto, através de planejamento e trabalho em equipe.

A Intecoop une ensino, pesquisa e extensão com o propósito de auxiliar grupos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Ela atua orientando grupos de trabalhadores na formação de cooperativas e associações populares e gerando conhecimento nas áreas de cooperativismo e economia solidária. Criada em 1998, retomou suas atividades no ano de 2016, após um período fora de funcionamento; e conta com uma equipe composta por professores, estudantes e consultores.

Barbosa é vice-coordenador do curso de Ciências Contábeis e comenta a satisfação em assumir o cargo após a gestão de Ana Lívia Coimbra, cujo trabalho “avalia como muito proveitoso para a Incubadora nesse período”. Ele menciona a intenção de seguir a linha administrativa implementada pela gestão anterior e pretende, neste primeiro momento, fazer uma avaliação inicial para determinar as próximas ações.

“A Intecoop possui uma importância que ultrapassa a cidade de Juiz de Fora, alcançando diversos municípios da região, incubando coletivos e dinamizando o crescimento dos grupos participantes. Nesse início de gestão pretendo fazer uma observação para adequar o nosso momento atual a um plano de ampliação do número de projetos incubados, que só será possível com o envolvimento e participação de toda a equipe”, observa Barbosa.

Como aponta o novo coordenador, a economia solidária é base de funcionamento da Incubadora e visa promover a inserção do trabalhador excluído do mercado formal de trabalho à sociedade. Ela funciona como um meio alternativo ao desemprego e ao crescimento do número de vagas informais, propondo uma maneira diferente de olhar para os modos de produção e consumo, agregando a eles fatores culturais, sociais e políticos.

O professor assumiu o cargo na última semana e, no dia 31 de outubro, coordena uma formação de equipe na área contábil.

Outras informações
2102-3971 – Pró-reitoria de Extensão (Proex)

Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares: intecoopufjf

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios