Jenny Saville, a verdadeira vítima da provocação de Banksy


:: El Pais em 09/10/2018 18:44 ::

Banksy não destruiu apenas um quadro, mas também a noite de glória de Jenny Saville (Cambridge, 1970). Na sexta-feira, a casa Sotheby’s vendeu Propped (“apoiada”) por 9,5 milhões de libras (47,3 milhões de reais), o preço mais alto já pago em leilão por uma artista viva. As manchetes tampouco foram dedicadas a David Teiger – morto em 2014, aos 85 anos –, o sagaz consultor que conseguiu acumular uma extraordinária coleção, cuja venda se saldou em 35,9 milhões de libras (175,1 milhões de reais) pelo lote completo. Enquanto o índice de vendas da Sotheby’s foi de 81%, e da Christie’s (na noite anterior) ficou em 85%, o lote de Teiger foi vendido integralmente, incluindo duas telas de Peter Doig.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios