Projeto realiza ação de conscientização contra a obesidade – Notícias UFJF


:: UFJF em 09/10/2018 18:44 ::

obesidade-300x200.jpg

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 20% da população apresentam excesso de peso (Foto: via Freepik)

O projeto de extensão “Atendimento multidisciplinar a portadores de obesidade e síndrome metabólica”, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), estará no corredor da Reitoria, nesta quinta, 11, das 10h às 13h, para promover uma iniciativa de conscientização sobre o tema, com a distribuição de uma cartilha educativa.

A ação é feita para lembrar o Dia Mundial de Combate à Obesidade.

O guia “Prevenindo e tratando o excesso de peso: autocuidado e vida saudável” foi formulado por uma equipe multidisciplinar, a partir de demandas discutidas com pacientes do Hospital Universitário (HU) da UFJF. Além de informações sobre o que é sobrepeso e obesidade, como diagnosticar e a importância de tratar, a cartilha oferece dicas de como ter uma alimentação saudável com o preparo de receitas simples.

De acordo com a médica coordenadora do projeto, Daniele Guedes Ezequiel, a ação visa difundir o material elaborado e também debater sobre a obesidade. “Vai ser uma divulgação do guia, que é dirigido tanto aos profissionais de saúde como a qualquer pessoa. Nosso objetivo é prevenir o excesso de peso, estimulando uma vida saudável, com mudanças de hábitos como atividades físicas periódicas.”

Segundo dados de 2018 do Ministério da Saúde, a obesidade no Brasil atinge quase 20% da população. Em Juiz de Fora os números são ainda maiores, conforme a dissertação da aluna de mestrado da UFJF, Layla de Souza Pires Miranda, realizada sobre o tema em 2017. “Ela fez um estudo por amostragem com 1.032 pessoas com objetivo de avaliar a prevalência dos fatores de riscos e proteção para as condições crônicas de saúde. Foi observado que cerca de 22% da população estava acima do peso”, como explica Daniele.

Além dessa iniciativa, o projeto tem desenvolvido atividades na sala de espera do Hospital Universitário, debatendo questões da cartilha e também realizando um trabalho preventivo com a visitação de escolas, integrando os temas de educação e saúde. Recentemente foi visitada a Escola Estadual Fernando Lobo, que fica no São Mateus.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios