“O voto não foi um endosso às posições controversas de Bolsonaro”


:: El Pais em 13/10/2018 15:09 ::

O professor norte-americano Thomas Trebat chegou ao Brasil em 2012, “no final da fase boa”, segundo suas próprias palavras. “O Brasil parecia sair mais ou menos ileso da recessão mundial e estava a ponto de retomar um crescimento mais acelerado. Mas acabou virando um ambiente de fim de festa”, diz o diretor do Columbia Global Centers no Rio de Janeiro, lembrando dos protestos de 2013, da eleição acirrada de 2014 e do desânimo que desembocou no impeachment de Dilma Rousseff em 2016. Na entrevista abaixo, o professor de relações públicas e internacionais, responsável pelo posto avançado da Universidade Columbia no Brasil, fala sobre o primeiro turno da eleição presidencial e a perspectiva de um Governo Jair Bolsonaro, que começou a campanha de segundo turno com boa vantagem nas pesquisas de intenção de voto.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios