UFJF recebe curso de professores holandeses sobre ecossistemas e efeito estufa – Notícias UFJF


:: UFJF em 01/11/2018 20:04 ::

foto-matria-pgecol-300x225.jpg

Professores Leon Lamers e Sarian Kosten (a partir da esquerda) foram recebidos pelo gerente da DRI, Hugo Rocha, e pelos professores Simone Cardoso e Nathan Barros, do PGECOL (Foto: DRI/UFJF)

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) oferece, nos dias 5 e 6 de novembro (segunda e terça-feira), o curso “Impacts of ecosystem modifiers on greenhouse gas fluxes” (Impactos de modificadores de ecossistemas nos fluxos de gases de efeito estufa).

As aulas, ministradas em inglês (sem tradução simultânea), serão conduzidas pelos professores holandeses Leon Lamers e Sarian Kosten, ambos da “Radboud University of Nijmegen”, da Holanda, e acontecem no auditório do Programa de Pós-graduação em Ecologia (PGECOL), do Instituto de Ciências Biológicas (ICB). Podem participar alunos e professores de toda a comunidade acadêmica.

O curso visa aprimorar o conhecimento sobre Biogeoquímica aquática e sobre o efeito dos modificadores dos ecossistemas nas emissões de gases de efeito estufa, além de aperfeiçoar a leitura crítica de artigos científicos e a habilidade de apresentação científica em inglês. Proporciona ainda conexões entre questões científicas e sociais. Serão dois dias de palestras, apresentação dos estudantes e workshops interativos.

A parceria da UFJF com a Radboud University of Nijmegen existe formalmente desde 2015, graças ao acordo intermediado pela Diretoria de Relações Internacionais (DRI), mas a cooperação acontece desde muito antes, como afirma a professora Sarian Kosten, que salienta o trabalho em conjunto com os professores Fabio Roland e Nathan Barros do PGECOL. “Temos trabalhado em diversos projetos junto com professores da UFJF desde 2004, primeiramente com Fabio Roland e seu grupo de pesquisa. Desde então, tem havido interesses mútuos entre as universidades com professores brasileiros indo pesquisar e trabalhar na Holanda e, agora, Nathan nos convidou para vir ministrar esse curso. Ficamos muito felizes por ter a desculpa perfeita para voltar à UFJF”, brinca a professora.

Já Lamers salienta a importância deste tipo de parceria, que promove o intercâmbio não apenas de docentes. “É muito bom e importante para nós a possibilidade de alunos holandeses virem para o Brasil realizar pesquisas em diferentes níveis, como graduação, mestrado e doutorado. Também é muito importante a ida de alunos brasileiros para a Holanda, especialmente pela colaboração e o desenvolvimento proporcionados. Não é difícil encontrar alunos na Holanda que gostariam de vir para o Brasil, por isso essa troca é muito boa”.

A Radboud University Nijmegen é uma universidade pública, com forte foco em pesquisa, localizada em Nijmegen, a cidade mais antiga da Holanda.

O material complementar para preparação do curso pode ser acessado aqui.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail nathan.barros até domingo, dia 4.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios