Cerimônia marca nova gestão do Instituto de Ciências Biológicas – Notícias UFJF


:: UFJF em 04/11/2018 12:08 ::

posseicb2-300x192.jpg

Lyderson Facio Viccini (com microfone) e Gilson Costa Macedo permanecem na direção da unidade acadêmica até 2022 (Foto: Alexandre Dornelas)

O Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Juiz de Fora (ICB – UFJF) teve seus novos diretores oficializados em cerimônia que aconteceu na noite da última quinta-feira, 1º de novembro.

Respectivamente diretor e vice-diretor, os professores Lyderson Facio Viccini e Gilson Costa Macedo assumiram seus mandatos, substituindo as professoras Ana Paula Ferreira e Bernadete Maria de Souza, que ocupavam os cargos previamente. Estiveram também presentes na solenidade o reitor Marcus David, além de diretores de outras unidades, chefes de departamento do Instituto, alunos, técnico-administrativos e professores.

Composta a mesa, o termo de posse foi assinado e a professora e ex-diretora Ana Paula Ferreira abriu os pronunciamentos agradecendo a todos do ICB pelo apoio em sua trajetória de 8 anos como gestora. Ela fez um apanhado de suas conquistas no cargo, como as diversas obras e reformas identificadas a partir da Comissão de Espaço Físico, formada em seu primeiro mandato.

Em seguida, compartilhou que a “convivência desses 8 anos nos fez aprender muito e entender os problemas e a heterogeneidade da Universidade”. Durante esse período, Ana Paula também compôs o Conselho Superior e ajudou em debates e discussões que traçaram novos rumos para a UFJF. Ela concluiu sua fala relatando que o cargo “nos fez saber ouvir e trabalhar nossa capacidade de resolver os problemas de forma abrangente, tendo em vista o bem estar e o desenvolvimento de todos”.

Empossado como novo diretor da unidade, Lyderson Facio Viccini deu prosseguimento à cerimônia, colocando que a motivação para que aceitasse assumir um cargo de direção é “o compromisso com aquilo que nós acreditamos e a chance de contribuir ainda mais com o Instituto.” Sobre planos, comenta que existem muitas ideias, sempre com base no âmbito acadêmico, mas que vão depender de um cenário que está se formando a partir de agora, tanto interno à Universidade, quanto nacionalmente.

“É impossível prever o futuro cenário que a universidade terá, mas já é hora de aprendermos a dividir e compartilhar. Precisaremos nos unir em torno de um ideal em comum, pois temos muitos produtos que permitem consolidar e substanciar a importância da universidade pública no país, e é com muito compromisso e seriedade que mostraremos isso para aqueles que não estão aqui neste espaço”. Lyderson é professor e já foi coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciências Biológicas e Pró-reitor de Pós-graduação, Pesquisa e Inovação da Universidade Federal de Juiz de Fora, dentre outros cargos em sua trajetória de 24 anos na Instituição.

Por fim, o reitor Marcus David encerrou também com uma expectativa para o futuro. “Um professor sem liberdade, que sofre ameaças, está com sua missão essencial comprometida. Uma Universidade sem liberdade, construída para atender a propósitos específicos, não é uma Universidade”, refletiu acerca dos cenários traçados por aqueles que são mais pessimistas e indicam que valores absolutamente fundamentais para a Universidade, como a autonomia, a liberdade cátedra e a gratuidade podem estar ameaçados.

“Mas é importante registrar que, neste cenário, as universidades devem comemorar uma importante vitória que tivemos nesta quarta-feira e que nos dá certa esperança,” citando o deferimento da liminar que reafirma a livre manifestação de ideias nos espaços de ensino, pela ministra Carmem Lúcia do Supremo Tribunal Federal (STF). Entretanto, reforça que será fundamental para todos, especialmente os dirigentes da UFJF, “ter a sabedoria para defender a o ensino superior público como um patrimônio da nossa sociedade e que pode efetivamente fazer a transformação social e econômica que nosso país necessita”.

Com o fim do ato de posse, os presentes foram convidados para uma recepção no hall dos anfiteatros do ICB. Lyderson Facio Viccini e Gilson Costa Macedo assumem a direção do Instituto de Ciências Biológicas e permanecem no cargo até o ano de 2022.

Outras informações:

(32) 2102-3201 (Instituto de Ciências Biológicas – UFJF)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios