Fisiculturista juiz-forana conquista vaga no Arnold South America


:: TM TV em 04/11/2018 07:33 ::

:: TM Esportes em 04/11/2018 07:33 ::

https://www.youtube.com/watch?v=5szqfvFmvPU&feature=youtu.be

Layla Guimarães, 33 anos, é daquelas pessoas movidas por desafios. Jornalista, bacharel em Direito e policial militar, a juiz-forana buscou qualidade de vida e, de metas em metas estabelecidas com o passar dos meses, não apenas conheceu o fisiculturismo, como perdeu 15kg de peso corporal, 20cm de quadril e de cintura, e obteve queda do percentual de gordura de 31% para 6%. Todo o esforço ainda foi recompensado no último sábado (27), quando Layla estreou no esporte na disputa do “Muscle Contest Internacional – Campeonato dos Titãs”, em Juiz de Fora, com título na categoria Bikini Fitness sênior (20 a 34 anos) e vaga no Arnold South America, que ocorre em São Paulo em abril do ano que vem.

“Há um ano eu pesava 68kg e emagreci cerca de 18kg de lá pra cá.


Fui conquistando desafios pessoais nesse tempo. Primeiro quis emagrecer, depois definir, e, quando estava no shape mais ou menos que queria, resolvi subir (ao palco, competir). Conheci alguns amigos que já tinham subido, busquei pessoas que acreditavam em mim como meu personal, o Gustavo (Rodrigues), e o nutricionista Henrique Casal, que foram criando planos para mim. Fui em uma pegada de nutrição saudável e de exercícios regulares, certinhos. Trabalhei bem pesado e deu tudo certo”, recapitula a atleta, hoje grata aos benefícios da mudança de vida. “Tudo melhorou. E é muito estratégico, seu corpo chega aonde você quer de acordo com sua dedicação”, assegura. Mas se a vida de uma soldado já é atarefada, imagine com outros objetivos em mente.

“Há um ano eu pesava 68kg e emagreci cerca de 18kg de lá pra cá. O fisiculturismo veio de surpresa, mas espero que fique de verdade!”, diz Layla Guimarães

“Muitas vezes até pensei em desistir porque a rotina de fisiculturista é complicada. É difícil subir só para ver qual é porque precisa de uma alimentação bem regrada, quando chega perto da competição tem todo um protocolo a ser seguido de desidratação para você chegar com um shape bem sequinho. E eu trabalho na rua, sou soldado, então estou na base da hierarquia, com escalas muito loucas! Cansei de virar noite e vir aqui 6h, cansada, fazer um aeróbico, com um puxão de orelha do meu personal. Tive que fazer adaptações para conciliar. Fui rebolando, mas, no final das contas, conseguimos chegar no resultado pretendido”, comenta.

Seu personal é Gustavo Rodrigues, 29. “A Layla surgiu como uma surpresa. Me chamou no Instagram pedindo apoio para o objetivo da vida dela que era tentar subir em um palco de fisiculturismo. E há três anos fui atleta, subi no Body Contest Brasil de 2015. Por essa minha experiência, ela confiou no meu trabalho há quatro meses. Com este foco trabalhamos aos poucos, como uma equipe. Ela treina todos os dias, a não ser quando o trabalho não permite, com a duração de 50 minutos a uma hora por treinamento”, explica Rodrigues.

Novo Norte

Após a conquista do Muscle Contest, o sorriso no rosto já expõe a motivação para próximo obstáculo. Layla busca parceiros e se prepara, agora, para a disputa do Arnold South America, com a chance de receber o Pro Card que a levará ao rol de atletas profissionais na área. O cenário parece perfeito para a juiz-forana seguir em frente.

“A ideia era só subir (no palco). Na véspera, meu nutricionista perguntou minha expectativa. Disse que era ganhar! Muita gente estava apoiando. Depois que ganhei, qualificada para o Arnold, pretendo ir para São Paulo. Mas gasta-se muito com a suplementação, viagens, são muitos detalhes. Para ganhar a Bikini Fitness você parece uma miss. Tem unha, cabelo… acaba onerando muito. Mas busco ir no Arnold e tentar o Pro Card. A maturidade muscular do atleta vem com a minha idade, 33, 34 anos, e vejo que estou no momento certo. (O fisiculturismo) veio de surpresa, mas espero que fique de verdade!”

O post Fisiculturista juiz-forana conquista vaga no Arnold South America apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios