Materiais apreendidos pela Polícia Militar: para onde vão?


:: Diário Regional em 05/11/2018 09:13 ::

Drogas, armas de fogo, remédios falsificados, dinheiro de origem suspeita, carros com documentos irregulares e muito mais. Todos os dias, a Polícia Militar registra diversos boletins de ocorrência com apreensão desses e de outros objetos e materiais fruto de assaltos, tráfico e outros crimes.

Mas para onde vão esses materiais apreendidos? A reportagem do Diário Regional conversou com o Chefe adjunto da 1ª Delegacia Regional, Sérgio Luiz Lamas, sobre o assunto e esclareceu algumas dúvidas.

Para onde vão as drogas que são apreendidas?

“No caso de apreensão de drogas pela Polícia Civil, Militar ou até mesmo pela Guarda Municipal, a Delegacia de Polícia recebe o material e faz uma perícia e instaura um procedimento para responsabilizar e investigar a autoria de um crime e guarda na delegacia até um determinado período.

Depois que há uma autorização dessa droga ser destruída e guardada apenas uma parte, enquanto o processo está em andamento. Porque a defesa pode pedir uma nova perícia. E no final, quando o processo judicial está concluído o judiciário encaminha e autoriza a destruição total dos entorpecentes”.

Armas e Munições

“É feito uma perícia, para verificar se ela é eficiente. Depois disso é instaurado um procedimento pela Polícia Civil que investiga a autoria e a materialidade. Atualmente em Minas Gerais, a arma não é mais encaminhada para o Fórum. O objeto fica guardado na Polícia e no final do processo, a justiça informa se é para ficar a disposição dos militares para serem utilizadas, destinada ao Museu ou ser destruída.Normalmente essa destruição é feita pelo Exército.”

Máquinas Caça Níquéis

“Em regra, as máquinas caça-níquéis, em Juiz de Fora, ela fica no depósito judicial. A Polícia Civil ou Militar quando apreende o objeto é responsável por guardar por um pequeno período.Instaura um procedimento contra o autor. Após a finalização do inquérito eles levam as máquinas para o depósito judicial e fica por conta da justiça e são destruídas.”

Veículos

“Inicialmente, o veículo apreendido fica por conta do delegado de polícia em um pátio credenciado pelo DETRAN e quando o procedimento é concluído e encaminhado para o fórum ele passa a ser responsabilidade do judiciário.”

Valores

“Os valores que são apreendidos pelo autor do crime são depositados em contas bancárias e fica à disposição do juiz. Quando é recuperado, o delegado de polícia faz a restituição desse bem para a vítima.”

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios