Hospital da Unimed é sede de encontro sobre desenvolvimento econômico e sustentável


:: Prefeitura em 06/11/2018 17:33 ::

0611_13_forum_de_discussao_1_170208.jpg
O novo hospital da Unimed, a ser brevemente inaugurado em Juiz de Fora, sediou o último encontro de 2018 do Fórum de Discussão Permanente Para o Desenvolvimento Econômico e Sustentável, na manhã desta terça-feira, 6. A reunião contou com a presença do prefeito Antônio Almas, secretários e empresários, que puderam conhecer o novo espaço, trocar informações e discutir temas acerca do desenvolvimento local.

Lá, o prefeito apresentou as oportunidades e desafios traçados com o resultado das últimas eleições, e falou sobre a necessidade de se ouvir a sociedade, para garantir a governabilidade nos próximos anos. Ele citou ações em andamento no Município, como a proposta de reforma administrativa, que deve ser apresentada ainda em novembro ao Legislativo. Almas também pediu a colaboração dos presentes, através de sugestões e propostas: O objetivo deste fórum é justamente partilhar as dificuldades e ouvir, buscando interesse único: a construção do bem comum.

O novo hospital

O presidente da Unimed, Hugo Borges, apresentou o espaço e destacou o papel do novo hospital no cenário da saúde em Juiz de Fora. Com investimento de R$ 120 milhões, entre obra, terreno e projetos, o equipamento, que será inaugurado nos próximos meses, deverá gerar cerca de 900 postos de trabalho diretos, além de 3.600 indiretos, mesmo antes da ativação: Esperamos injeção de cerca de R$ 100 milhões por ano na economia, com salários e insumos, por exemplo.

Construído em área de 34 mil metros quadrados, o Hospital Unimed contará com 190 leitos e capacidade de mais de 14 mil internações por ano.

O fórum

O Fórum de Discussão Permanente Para o Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Juiz de Fora foi instalado em 2017, com objetivo de se tornar ferramenta de escuta do Executivo, para identificar oportunidades e auxiliar o processo de tomada de decisões em temas relativos ao desenvolvimento socioeconômico da cidade. Entre eles, segurança pública, educação, cultura, licenciamento, aprovação de projetos e enfrentamento à crise fiscal, dentre outros.

Foto: Divulgação

* Informações com a Assessoria de Comunicação da Sedettur, pelo 3690-8341.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios