Coletivo Marielle realiza debate em defesa do feminino nesta quinta-feira 


:: TM Cidade em 07/11/2018 18:08 ::

Uma das questões mais relevantes, hoje, em torno da figura da mulher, são as violências sofridas por ela no meio acadêmico. Para discutir e refletir a respeito do tema, o Coletivo Marielle Franco, projeto de extensão da UFJF, realiza nesta quinta-feira (8) o evento “Sororidade e Resistência – enfrentamento às violências contra a mulher na universidade”. As atividades terão início às 14h no anfiteatro Christiano Degwert, na faculdade de engenharia, apresentarão pesquisas sobre a temática e atividades culturais de poesia, apresentação de documentário, performances artísticas e musicais.

LEIA MAIS: ‘A gente não pode se render’, diz a professora e ativista Anielle Franco

Dentre as atividades, a pesquisadora Ana Flávia d’Oliveira, da Universidade de São Paulo (USP), vai falar sobre “Violências na Universidade: solidariedade, articulação e enfrentamento”.

Haverá, ainda, a mesa de debates “Entre salas, corredores e laboratórios: percepções das/dos estudantes sobre violência contra as mulheres no ambiente universitário”, que contará, entre outras personalidades, com a presença de Anielle Franco, irmã da ex-vereadora Marielle Franco, assassinada em março deste ano.

Depois, o evento terá a apresentação de “Precisamos falar do assédio”, documentário de 2016 dirigido por Paula Sacchetta; poesias com Duda Masiero e Laura Conceição; performances das artistas Priscilla de Paula, Fernanda Vivacqua e Anelise Freitas; apresentação de artes cênicas com o grupo As Ruths e apresentação musical do grupo Batuquedelas.

Batuque e conscientização

Além da participação no evento da UFJF, o projeto Batuquedelas, idealizado em 2013 por Fabrícia Valle, realiza no próximo domingo (11) uma ação social na Associação Espírita do Grupo Semente, no Bairro Dom Bosco, com oficina gratuita para mulheres da localidade. A atividade faz parte de uma das premissas do grupo, que é possibilitar a ampliação da democratização e dinamização do acesso aos saberes musicais. Por conta do projeto, Fabrícia Valle recebe no próximo dia 29, na Câmara Municipal, a medalha Nelson Silva, em reconhecimento ao seu trabalho na produção e difusão de manifestações culturais e sociais negras.

O post Coletivo Marielle realiza debate em defesa do feminino nesta quinta-feira apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios