O procurador-geral interino dos EUA: um crítico feroz da investigação da trama russa


:: El Pais em 08/11/2018 14:03 ::

“A investigação de Mueller sobre Trump está indo longe demais.” Este é o título eloquente de um artigo escrito em agosto de 2017 por Matthew Whitaker, pouco antes de ser nomeado chefe de Gabinete do secretário da Justiça, Jeff Sessions. Agora, após a saída forçada de Sessions do Departamento de Justiça, Whitaker assume temporariamente o cargo e será o encarregado de supervisionar as investigações de Robert Mueller, o promotor especial que averigua a interferência russa nas eleições presidenciais de 2016.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios