Alunos da Escola Municipal Gabriel Gonçalves da Silva aprendem através da arte


:: Prefeitura em 09/11/2018 18:18 ::

0000se_175326.png
Os alunos da Escola Municipal Gabriel Gonçalves da Silva mostrarão como a arte e a geometria podem se relacionar e enriquecer o aprendizado, em evento neste sábado, 10, das 9 às 12 horas. O objetivo é mostrar o trabalho que tem sido feito na área e abrir a Semana da Diversidade, que acontece na escola na próxima semana.

A professora Margeri Rosa teve a ideia a partir de sua prática em sala de aula, verificando que os estudantes apresentavam dificuldades em matemática e geografia. Aproveitando a atenção que a produção artística tem recebido ao longo do ano, por parte da Secretaria de Educação (SE), Margeri percebeu que seria uma abordagem interessante ministrar os conteúdos de geografia e raciocínio lógico através de um viés original.

Ela conta que tem usado o origami, kirigami e outras obras de arte existentes para dar uma faceta prática que seja envolvente para os alunos, a fim de desenvolver esses tipos de conhecimentos: usamos, por exemplo, um quadro de Modrian para estudar quadriláteros, tipo de retas, ângulo e simetria.

Para finalizar, os alunos desenvolvem suas próprias produções artísticas, seguindo os conceitos aprendidos. Mageri afirma que em uma reunião pedagógica, expus o projeto aos colegas, e os convidei a participar. Ele foi expandido, desse modo, para as áreas de Educação Física, Língua Portuguesa, Ciências e várias outras áreas.

O que será feito no sábado é uma exposição das obras produzidas através do projeto. Haverá uma Floresta de Poliedros, Árvore Geométrica de Poemas, mosaicos, painéis, mandalas e desenhos. Também haverá uma parte da exposição com que os vistantes poderão interagir, montando suas próprias esculturas.

O objetivo, segundo a professora, é que a geometria ganhe uma faceta prática e usual na vida dos alunos. Alcançamos bem mais do que pretendíamos inicialmente. Os alunos têm vontade de aprender e ficam muito empolgados com o que se veem capazes de fazer. Todos os projetos são coletivos, visando à educação pela matemática como ferramenta para a vida. O trabalho colaborativo está sendo a marca desse projeto.

* Informações com a Assessoria de Comunicação da SE pelo telefone 3690-8497.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios