Polícia Militar apoia equipe do SAMU em assistência à pessoa com surto psicótico


:: Diário Regional em 09/11/2018 14:58 ::

Polícia Militar deslocou para o bairro Parque Guarani para dar apoio à equipe do SAMU, tendo em vista que um cidadão do sexo masculino e de grande compleição física encontrava-se em surto psicótico, e de posse de uma arma branca (facão) ameaça a equipe médica, os policiais militares e os próprios membros da família. Como o cidadão se negava a receber atendimento médico e apesar das reiteradas tentativas de parlamentação para que este soltasse a facão, não houve êxito por parte das equipes presentes, além do autor investir contra estas dando golpes de facão, vindo a lesionar os policiais militares presentes.

Diante da situação, foi necessário o emprego de força legal e proporcional para vencer a resistência do autor, em que foi realizado disparo com munição de elastômetro (bala de borracha) para garantir a integridade física dos policiais militares, dos atendentes do SAMU e também dos próprios familiares do autor, porém tal munição foi ineficiente para conter a ação perpetrada pelo autor, sendo com isso necessária a utilização do escalonamento de uso da força através de disparo de arma de fogo (pistola Imbel cal.40) para conter e neutralizar a ação do autor.

Este foi atingido no pé direito e joelho esquerdo, além do lado direito apresentar hematoma devido ao disparo de elastômero no abdômen.

Nesse contexto, após a intervenção dos policiais e contenção do autor, a equipe do SAMU entrou em ação juntamente com uma equipe da USA, realizando a estabilização no local e deslocando em seguida até o Hospital Pronto Socorro para o devido atendimento. O autor ficou internado na condição de preso em flagrante por ter agredido os policiais militares e tentado agredir a equipe do SAMU e os próprios familiares. Os policiais militares receberam atendimento médico e liberados no Hospital.

Fonte: Assessoria Polícia Militar – 2º BPM

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios