Educação realiza primeiro Campeonato Municipal de Xadrez Escolar em Juiz de Fora


:: Prefeitura em 30/11/2018 17:38 ::

3011_16_campeonato_xadrez_div_171729.jpg
O campeonato, que aconteceu nessa quinta-feira, 29, no Clube Cascatinha, e contou com quatro categorias: Cat 1: de 6 a 8 anos, Cat 2: de 9 a 11 anos, Cat 3, de 12 a 14 anos, Cat 4, de 15 a 18 anos. Os três primeiros de cada uma delas ganharam prêmios diversificados. O evento teve, ainda, sorteios de brindes, lançamento de um livro produzido por Leandro Conti e Haroldo Guimarães Carvalhido, que foi entregue a cada estudante como material didático do projeto, e o lançamento oficial das Mascotes do campeonato, Gatêx e Mia, em forma de painel, para os estudantes tirarem fotos.

Mais de 300 estudantes de 11 escolas municipais participaram do Projeto.

Gatêx e Mia são criações do designer Luiz Roberto Nascimento, professor de arte na rede municipal. Ele recebeu o desafio de criar as mascotes, que deveriam ser gatos, por serem animais astutos e caçadores estratégicos, como um bom enxadrista. E com um visual futurista e moderno. Os estudantes elegeram os nomes de forma democrática, em eleições realizadas nas escolas.

O evento faz parte do Projeto de Xadrez Escolar, que é dividido entre três as etapas. Formação dos professores, oficinas nas escolas e o 1º Campeonato Municipal de Xadrez Escolar. Na formação de professores para a realização do curso, houve parceria da Escola Sistema Degraus de Ensino, que cedeu sua sala multimídia. As oficinas com os estudantes foram ministradas pelo professor Leandro Conti, que foi a cada uma das escolas para palestras, experiências com novas jogadas e minitorneios.

A premiação do campeonato, que teve a presença da secretária de Educação, Denise Vieira Franco, aconteceu no período da tarde, encerrando as atividades do projeto neste ano. Os alunos vencedores foram: Cat 1: José Francisco Rodrigues, da E. M. Eunice Alves; Cat 2: Miguel Arcanjo Almeida, da E. M. Henrique José de Souza; Cat 3: Davi Santos da Luz, da E. M. Gabriel Gonçalves da Silva; Cat 4: Douglas da Silva Francisco, da E. M. Gabriel Gonçalves da Silva. E a escola campeã foi a E. M. Gabriel Gonçalves da Silva, com 111 pontos (soma dos pontos de todos os alunos no campeonato).

A professora Simone Lima, que coordena na escola o projeto Xadrez Sem Grades desde 2013, falou sobre a importância do trabalho feito na escola e da realização do campeonato: É a concretização de um sonho. Nesses anos todos, os nossos alunos têm chegado para o projeto, um contagiando o outro, com uma autossuperação acontecendo, além de um trabalho sendo feito com a autoestima dos alunos. E hoje é a culminância desse grande trabalho e sonho sendo realizado.

O Projeto de Xadrez Escolar é uma parceria entre a Secretaria de Educação de Juiz de Fora e a Fundação ArcelorMittal do Brasil, com coordenação da Supervisão de Articulação de Programa de Educação Integral do Departamento de Planejamento Pedagógico e de Formação (DPPF).

Além da ArcelorMittal, do Clube Cascatinha e da Escola Degraus de Ensino, o projeto contou com a parceria do Sistema X e da Liga X para sua realização. O gerente de Recursos Humanos da ArcelorMittal, Ricardo Schmidt de Araújo, explica a importância dessa parceria: nós temos muito orgulho de participar de diversos programas em parceria com a Prefeitura. Nós temos um objetivo estratégico muito claro, que é ser percebida como uma empresa responsável, e estes programas mostram isso, o nosso compromisso com a cidade, disse.

De acordo com o coordenador da Liga X, Haroldo Guimarães Carvalhido, a dedicação dos participantes, sendo que muitos tiveram o primeiro contato com xadrez através do projeto, e o empenho da PJF na organização, são elementos fundamentais para fomentar o esporte no município.

Foto: Divulgação

* Informações com a Assessoria de Comunicação da SE pelo telefone 3690-8497.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios