Pism movimenta setores econômicos de Juiz de Fora – Notícias UFJF


:: UFJF em 30/11/2018 17:28 ::

24094733667_0accc849bd_z-630x420.jpg

Dos 33.673 candidatos a estudar em Juiz de Fora, 24.209 são de fora (Foto: Fayne Ferrari/UFJF)

Com a proximidade das provas do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) 2019, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que ocorre nos próximos dias 1º e 2, setores econômicos da cidade apostam em crescimento na demanda, isto porque mais de 70% dos inscritos não vivem em Juiz de Fora.

Dos 33.673 candidatos a estudar em Juiz de Fora, 24.209 são de fora.

Considerando que os estudantes estarão acompanhados de familiares, a movimentação será ainda maior. A expectativa é que os setores de hotelaria e gastronomia sejam os mais beneficiados com as provas. De acordo com o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Juiz de Fora, João José Ferreira Alves, a perspectiva de aumento na procura destes serviços é de 20%. Para ele, “em um momento de crise, este resultado é bastante expressivo”.

Como o Pism já é um evento tradicional e esperado, a preparação para receber os candidatos ocorre com antecedência. Segundo Alves, o movimento aumenta na véspera e nos dias do exame. “É previsto um crescimento da procura todos os anos, então nos preparamos de antemão. A recomendação é que os hotéis deixem mais quartos disponíveis e os restaurantes providenciem uma quantidade maior do que a tradicional.”

Eventos como o Pism são excelentes oportunidades para o mercado que se relaciona com o turismo, explica o professor do departamento de Turismo da UFJF, Marcelo do Carmo. Principalmente quando ocorrem no final de semana, que é um período mais ocioso. “Normalmente, a hotelaria de Juiz de Fora é mais utilizada durante a semana e tende a se esvaziar nos fins de semana. É a característica de uma cidade que vive de negócios.” De acordo com o professor, além de hotéis, bares e restaurantes, outros setores como comércio e transporte também serão favorecidos. “É uma oportunidade excelente para a economia. O turismo tem essa característica de movimentar uma diversidade muito grande de serviços, e o Pism reforça essa percepção.”

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios