Refugiado sírio que viveu sete meses em um aeroporto da Malásia consegue asilo no Canadá


:: El Pais em 02/12/2018 19:50 ::

O sírio Hassan Al Kontar viveu durante sete meses no Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur (Malásia). Dormia no chão e se alimentava com comida dada pelos trabalhadores das companhias aéreas. Passou outros dois meses em um centro de detenção para estrangeiros naquela cidade. Em 26 de novembro, Al Kontar aterrissou em Vancouver. Seu pesadelo terminou quando o Governo canadense lhe concedeu o estatuto de refugiado e a residência permanente.

“Não acreditei até me darem o cartão de embarque”, disse à rede CBC a poucos metros do portão de desembarque internacional do aeroporto canadense. “No momento, preciso de uma boa ducha quente. Não quero mais saber de aeroportos”, disse com alívio depois de ter deixado para trás seu labirinto particular.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios