Prédio Anexo ao novo ginásio da UFJF já está funcionando


:: TM Esportes em 04/12/2018 21:27 ::

ginasio-priamo.jpgVista do novo ginásio da Faculdade de Educação Física e Desportos (à esquerda) e seu Prédio Anexo (Foto: Fernando Priamo)

Apesar de ainda não ter data de inauguração prevista, o Complexo Esportivo da UFJF já está funcionando em partes. Segundo o diretor da Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid), Jeferson Vianna, o prédio Anexo, que deve levar o nome de professor Paulo Roberto Bassoli – em homenagem ao antigo servidor da universidade – já recebe atividades de projetos de extensão, além de aulas da graduação e os laboratórios de pesquisa com aulas da pós graduação, avaliação motora, controle de carga e treinamento de força.

O projeto de ginástica rítmica recebe mais de 80 crianças, enquanto nas artes marciais, o judô atende a cerca de 40 jovens matriculados. Existem ainda projetos de dança para todas as idades, além do projeto “De Pernas Pro Ar”, com dança de salão e ginástica para funcionários da universidade.

Entre as pendências do espaço, a sala para treinamento funcional ainda aguarda finalizações. “Estamos montando a sala, mas não conseguimos o piso que era para chegar, mas as empresas não participaram e terá que abrir outro processo para isso. Estávamos contando com o piso para funcionar parcialmente, mas já temos praticamente 80% do equipamento (da sala) e estamos dependendo só da Proinfra para instalar alguns materiais na parede. Essa sala é importante porque vai ajudar também nos projetos de apoio de extensão, como basquete, atletismo e futebol, como parte da preparação dos atletas que praticam essas modalidades”, destaca o diretor.

O laboratório de reabilitação cardíaca também aguarda a chegada de materiais pedidos em licitação, como bicicleta, esteira, equipamento de medida e avaliação com maior precisão. Segundo Vianna, “há uma lista de materiais, inclusive para o laboratório de força: plataforma de força, cadeira hidrocinética de medida de força unilateral, para ajudar a monitorar e controlar o treino dos atletas. Estamos aguardando finalizar as compras para equipar o espaço em dezembro e semestre que vem já ter os equipamentos à disposição”. No momento, a sala funciona para estudo e grupo de pesquisa.

Ginásio aguarda obra de rampa
Já o novo ginásio aguarda pela obra da rampa que deve interligar o campo olímpico e os vestiários de terceiro pavimento. Com cerca de 10 mil m² de construção, a obra, iniciada em junho de 2014, tinha previsão inicial de finalização em 2016, mas sofreu adiamentos e, apesar de entregue, o espaço ainda não foi inaugurado. Na última reportagem publicada pela Tribuna em 19 de agosto deste ano, a previsão era de que ao menos o prédio Anexo fosse aberto até o final de agosto, mas a data foi adiada, na intenção de fazer um evento único para inaugurar os dois espaços.

Segundo a Diretoria de Imagem Institucional da Universidade, as obras do Ginásio Poliesportivo estão finalizadas de acordo com o Contrato 003/2014, no entanto, ainda falta a construção da rampa metálica de aproximadamente 11 metros. Segundo a assessoria, a empresa que fará essa obra foi definida através de processo licitatório, RDC Eletrônico nº 2/2018 (https://bit.ly/2P7Vb5j). A vencedora da licitação foi a empresa Claer Do Brasil Construções e Reformas Eireli ME, de Niterói (RJ), com o valor de R$ 76.046 – R$ 382 abaixo do valor estimado pelo edital. O contrato ainda não foi formalizado e aguarda na fila da Coordenação de Contrato, na Pró-reitoria de Planejamento, e deve ser assinado ainda nos próximos dias.

Segundo o diretor da Faefid da UFJF, Jeferson Vianna, o Ginásio também não conta com elevadores, que podem demorar para chegar. Faltam ainda equipamentos de segurança nos camarotes e na parte de imprensa. “Nas cabines de rádio e TV estamos aguardando a colocação de uma proteção, tipo uma bancada que ficará na frente. Além de telas de proteção atrás dos gols para segurança dos portões e das portas de madeira e os abafadores de som que ficam atrás dos gols”, destaca.

Segundo a assessoria da UFJF, no último 22 de novembro, uma reunião seria agendada com Jefferson Vianna, assim que o diretor da faculdade retornasse de uma viagem a congresso, a fim de discutir uma data de inauguração do Complexo. No entanto a reunião ainda não foi agendada.

Ideia é receber grandes equipes de vôlei e basquete

A construção do Complexo Esportivo teve investimento estimado em cerca de R$ 40 milhões, que compreende também a construção do prédio novo da Faculdade de Comunicação e o Centro de Monitoramento da UFJF. O Ginásio foi equipado com piso de madeira flutuante, que absorve o impacto dos atletas, e o teto de sete mil m² proporciona isolamento acústico. A estrutura conta ainda com oito vestiários, para torcedores, atletas, demais membros das equipes e arbitragem, além de seis cabines de imprensa e um camarote.

O intuito era de que o espaço pudesse auxiliar na recepção das delegações olímpicas internacionais que utilizaram a UFJF para se preparar para a Olimpíada do Rio de 2016. A não entrega da obra, segundo a Construtora Guia, ocorreu por atrasos nos repasses vindos do Governo Federal por até seis meses. A previsão era de que ainda em 2018 a Arena Faefid fosse inaugurada, com a intenção receber grandes equipes de vôlei ou basquete ainda na sua abertura, com entrada gratuita. As negociações já ocorriam com o Botafogo, que disputa a NBB (elite do basquete brasileiro), e até com a Seleção Brasileira de Vôlei sub-20, por meio do técnico Giovane Gávio, juiz-forano. Segundo o diretor Jeferson Vianna, a proposta de trazer grandes jogos ainda está de pé. “Estive recentemente em um congresso em Florianópolis e encontrei o pessoal do Minas Tênis Clube e eles estão interessados em trazer jogos da NBB. Eles se mostraram bastante receptivos à ideia e se colocaram à disposição de trazer a equipe deles para cá. O ginásio merece uma inauguração em grande estilo.”

Centro de Memória
Segundo Vianna, o Ginásio terá uma sala reservada ao Centro de Memória do Esporte, um acervo do professor Carlos Fernando Cunha, reunindo a história do esporte em Juiz de Fora, nas modalidades coletivos e individuais. “É um acervo que vem sendo organizando há bastante tempo, e o pessoal terá oportunidade de ter material físico e fazer consultas, com filmagens passando um pouco da história”, explica.

O post Prédio Anexo ao novo ginásio da UFJF já está funcionando apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios