Suspeito de ter atropelado idoso é identificado


:: Diário Regional em 04/12/2018 18:47 ::

A Polícia Civil já identificou o suspeito de ter atropelado José Sebastião Fernandes, 68 anos, no último sábado, 1°. O suspeito, de 22 anos, foi ouvido em cartório na tarde desta terça-feira, 4, acompanhado de seu advogado. De acordo com as informações da Polícia Civil, o carro já foi localizado.

O crime aconteceu no cruzamento da Avenida Rio Branco com a Rua Marechal Floriano Peixoto, no Centro de Juiz de Fora. Um inquérito policial foi aberto e as investigações estão sob responsabilidade da delegada Camila Miller.

FAMÍLIA QUER RESPOSTAS SOBRE IDOSO QUE MORREU ATROPELADO EM JUIZ DE FORA

A família do idoso não se conforma com a perda e espera por respostas sobre o acidente.

José Sebastião Fernandes, 68 anos, foi atingido por um Pálio branco, de suspeito não identificado, e não resistiu aos ferimentos.

“Está muito doído. Está todo mundo mega dilacerado”, disse o neto de José Sebastião, Gilson Gerheim, de 24 anos. De manhã, o idoso saiu de ônibus do bairro Linhares, onde morava, para fazer hemodiálise. Ele fazia este trajeto até o Centro da cidade, há 10 anos. Antes de chegar no local para realizar o tratamento, foi atropelado e morreu ainda na avenida.

De acordo com Gilson, o avô passou por várias dificuldades durante esses anos. “Não é um tratamento fácil. É totalmente doído, às vezes ele chegava em casa passando mal, várias vezes foi internado no hospital, por ter dado algumas complicações. Foi assim durante este tempo e superamos tudo para ele vim falecer desta forma”, relatou o neto em entrevista à reportagem do Diário Regional.

Com a voz embargada e emocionado, o neto pediu por uma investigação e que seja feita justiça. “Este cara não pode sair dessa. Ele tem que ser encontrado. Acho que assim, a gente vai achar um certo conforto”, finalizou.

O caso será investigado pelo 6° Delegacia Distrital da Polícia Civil de Juiz de Fora.

ACONTECIMENTO

De acordo com o Registro de Evento de Defesa Social (Reds), os militares chegaram no local e encontraram o corpo do idoso no asfalto, sendo que não havia nenhum veículo próximos a ele.

No local, a Polícia Militar (PM) realizou contato com testemunhas que relataram que um senhor atravessava a faixa de pedestre, quando um veículo Pálio de cor branca teria avançado o sinal vermelho e atropelado o homem, que foi arremessado 50 metros do local.

Ainda segundo o REDS, a testemunha, que não foi identificada, não conseguiu anotar a placa do veículo, devido a alta velocidade do mesmo.

O autor fugiu sentido bairro Manoel Honório, e no trajeto, teria avançado todos os sinais da Avenida Rio Branco, sem prestar socorro à vítima.

SOCORRO

O Samu foi acionado, mas chegando no local, o senhor já estava sem vida.

A perícia realizou os trabalhos e recolheu partes avariadas do veículo do suspeito, liberando o local em seguida.

Logo depois, o corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) e os parentes da vítima foram informados do ocorrido.

VÍDEO

Durante a segunda-feira, 3, foi divulgado nas redes sociais, um suposto vídeo da apreensão do carro que o autor dirigia.

Pela assessoria, a Polícia Civil informou que desconhece o vídeo.

“Sobre o vídeo circulado do possível carro do autor do atropelamento, desconhecemos a sua origem”, em nota.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios