PM apreende armas após flagrar negociação no WhatsApp


:: TM Cidade em 05/12/2018 13:47 ::

Um homem de 30 anos foi preso em flagrante depois de tentar negociar armas de fogo e munições via WhatsApp. Após flagrar as conversas pelo aplicativo, os militares chegaram até o suposto proprietário dos artefatos, 42, e conseguiram apreender quatro armas de fogo, mais de cem munições e drogas. As apreensões foram feitas em cinco endereços, entre eles, duas oficinas. Ainda não se sabe se eles chegaram a concluir a venda dos materiais e nem há quanto tempo ocorria o esquema criminoso.

De acordo com o documento policial, a PM chegou até o homem de 30 anos após denúncias. Ele foi abordado no pátio de um supermercado localizado no Bairro Poço Rico, Zona Sudeste de Juiz de Fora, na tarde de terça-feira.

Foram feitas buscas, mas nada de ilícito foi encontrado com ele. Porém, segundo a PM, ele acabou confessando que teria marcado um encontro naquele local com um interessado em comprar uma pistola calibre 380, que viria com dois carregadores e sete cartuchos. O armamento estava sendo negociado por R$ 6 mil. Não foi informado quem seria o provável comprador. O suspeito disse também que estava oferecendo a arma em vários grupos do WhatsApp, e que diversas pessoas teriam ficado interessadas na compra.

O homem mostrou aos policiais a conversa com o suspeito mais velho, que seria o dono da pistola. Nas mensagens, segundo o documento policial, o indivíduo de 30 anos informava sobre os andamentos das negociações e solicitava munições de diversos calibres para serem vendidas a terceiros. A PM verificou que ele também oferecia aos grupos entorpecentes, entre eles, haxixe.

Diante das informações, os policiais da 4ª Companhia de Policiamento Especializado foram até a casa do suspeito de 42 anos, no Bairro Vila Ozanan, Zona Sudeste da cidade. Ele teria confirmado que estava negociando a arma e indicou onde ela estava. Além da pistola calibre 380 que estava à venda, os policiais apreenderam dois carregadores e sete cartuchos.

Espingarda e munições

O homem ainda confessou aos militares que tinha outros armamentos e apontou os endereços. Outra pistola calibre 380 foi localizada em uma oficina do indivíduo, cujo endereço não foi informado. A arma tinha registro, já que o homem seria atirador esportivo, porém, como estava acondicionada sem os devidos cuidados exigidos, foi apreendida. Também foram encontrados no local cinco carregadores, 34 munições e dois coldres. Uma espingarda calibre 22, um carregador e nove cartuchos foram apreendidos em uma propriedade rural na estrada que liga a cidade de Chácara ao Bairro Linhares, Zona Leste.

Já na casa do suspeito de 30 anos, no Bairro Jardim Esperança, Zona Sudeste, foi localizado um revólver calibre 32 debaixo de um fogão, um carregador e seis cartuchos de mesmo calibre. Foram apreendidos ainda uma touca ninja, 61 cartuchos deflagrados de munição calibre 22 e sete cartuchos intactos. Já na oficina de bicicleta do homem, estavam 40 munições calibre 22, um pote com um porção de maconha e três rádios comunicadores. Todo o material e os dois homens foram levados para a delegacia.

O post PM apreende armas após flagrar negociação no WhatsApp apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios