Indignação feminista com o projeto de dar o nome de Pablo Neruda ao aeroporto de Santiago


:: El Pais em 07/12/2018 13:34 ::

Uma antiga moção parlamentar foi retomada este ano no Chile para rebatizar o aeroporto internacional de Santiago com o nome do Prêmio Nobel de Literatura Pablo Neruda (1904-1973). Apesar de a medida contar com algum apoio no Congresso, sua tramitação gerou controvérsia pelo fato de grupos feministas criticarem o mau comportamento do escritor com as mulheres, que inclui o abandono de uma filha doente e um abuso sexual relatado em seu livro póstumo de memórias, Confesso que Vivi.

As vozes contrárias à iniciativa propuseram um nome alternativo para rebatizar o aeroporto da capital chilena: a também poeta e igualmente Prêmio Nobel de Literatura Gabriela Mistral.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios