Abaixo-assinado contra concessão de título de cidadão honorário a Bolsonaro já tem mais de 4 mil assinaturas


:: Diário Regional em 11/01/2019 13:20 ::

Na última terça-feira, 8, foi aprovado, na Câmara Municipal de Juiz de Fora, a concessão de título de cidadão honorário a Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito do Brasil.

A concessão dividiu a opinião da população juiz-forana nas redes sociais. Além de algumas manifestações no meio virtual, um abaixo-assinado foi criado na internet como forma de repúdio. Em 48 horas, desde o seu lançamento, mais de 4.184 pessoas assinaram o documento.

De acordo com o idealizador e integrante do Movimento Reexiste JF, Eduardo Faria, ele recebeu uma demanda sobre o assunto.

“Há bastante tempo me envolvo com as lutas sociais na cidade, tentando promover maior controle popular e formação da população. Por conta disso, recebo muitas análises e comentários por parte das pessoas. Muitos se insurgiram contra o excesso de moções e homenagens, desde muito. E essa específica causou repulsa maior, me levando à esta ação”, explicou.

O abaixo-assinado está disponível: https://bit.ly/2FokRtf.

Projeto

O projeto de lei foi de autoria dos vereadores Charlles Evangelista (PSL) e Sheila Oliveira (PSL). Com 14 votos favoráveis o concessão foi aprovada. Betão (PT) e Wanderson Castelar (PT) votaram contra.

Em uma rede social, a Delegada Sheila, explicou o motivo da homenagem. “Nada mais justo, portanto, que nosso Presidente da República receba esse título honorário, uma homenagem de todos nós juiz-foranos, em agradecimento a todo o carinho que Bolsonaro sempre demonstrou pela nossa cidade e seu povo”, disse.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.