Cesare Battisti pediu asilo à Bolívia antes de ser preso


:: El Pais em 13/01/2019 19:37 ::

O italiano Cesare Battisti, preso na noite de sábado, 12 de janeiro, em Santa Cruz de La Sierra, aguardava a decisão do Governo da Bolívia sobre um pedido de refúgio feito por ele em 18 de dezembro, dias após fugir do Brasil. O ex-ativista de esquerda se declarou inocente dos quatro homicídios pelos quais ele foi condenado na Itália na década de 1970, em carta enviada ao Governo boliviano. “Peço que vocês deem procedimento ao meu requerimento humanitário e me concedam a qualidade de refugiado, garantindo a minha segurança, minha liberdade e minha vida”, disse o italiano.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios