Grega


:: Fernanda Torres em 18/01/2019 02:18 ::

Fugi do inferno, mas recebo relatos a respeito da onda de calor que castiga o Brasil. A foto de uma cratera de vulcão ativo me foi enviada por meu irmão com a legenda: “Lagoa Rodrigo de Freitas, 10/01/2019”. Leia mais (01/18/2019 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios

Casa-Grande


:: Fernanda Torres em 04/01/2019 02:41 ::

Fui poupada. Atravessei a noite de 2018 para 2019 a salvo da angústia das retrospectivas do ano e das profecias para a era que se inicia. Leia mais (01/04/2019 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Cavalo


:: Fernanda Torres em 21/12/2018 02:56 ::

Insatisfeito com o silêncio de Buda, quando confrontado com as 14 questões sem resposta, o monge Malukyaputta exige que o mestre esclareça as dúvidas a respeito da eternidade e da finitude do Universo, da similaridade entre a alma e o corpo e da vida após a morte ou que o mestre admita ser incapaz de elucidá-las. Leia mais (12/21/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Bonsai


:: Fernanda Torres em 07/12/2018 03:05 ::

O annus horribilis de 2014 se anunciou na derrota de 7 a 1 para a Alemanha e se confirmou na reeleição de Dilma Rousseff. Leia mais (12/07/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Eterno


:: Fernanda Torres em 23/11/2018 03:25 ::

S. se interessa por um livro sobre a mesa. É a “Ascensão e Queda de Adão e Eva”, de Stephen Greenblatt. A gravura de Albrecht Dürer do casal, na capa, chama a sua atenção. Leia mais (11/23/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

A Lua de Sebastopol


:: Fernanda Torres em 09/11/2018 04:53 ::

Os três contos de Sebastopol“, livro de Emilio Fraia lançado pela Alfaguara, contam histórias distintas, unidas, estranhamente, pela mesma sensação de hiato; a promessa de uma vida plena, que se torna insólita, vaga e melancólica. Leia mais (11/09/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Pêndulo


:: Fernanda Torres em 26/10/2018 03:35 ::

Com plácida indiferença, o economista do mercado financeiro me explica que a sociedade funciona como um pêndulo, oscilando entre a direita e a esquerda em ciclos sazonais. Depois de 20 anos sob o comando de partidos de centro-esquerda, o Brasil rumaria, inexoravelmente, para a direita da curva. Leia mais (10/26/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.