Pela segunda vez na história, Allez les Bleus


:: Tostão em 16/07/2018 03:21 ::

A França, merecidamente, é, pela segunda vez, campeã do mundo. Quando a Croácia era melhor, a França fez dois gols ocasionais, de bolas paradas. Um, após uma falta que não existiu. O outro, como disse Maurício Noriega, do SporTV, foi por meio de um pênalti corretamente marcado, mas em uma regra equivocada. Leia mais (07/16/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios

Não houve uma grande novidade na Copa


:: Tostão em 15/07/2018 03:17 ::

Se a Croácia for campeã –não é zebra–, será o primeiro título do pequeno e novo país. Mais que isso. Será o primeiro título mundial de uma seleção que era cotada, antes da competição, como uma equipe média. Sempre achei isso estranho, já que é frequente, em todo o mundo, um time médio, ou até um pequeno, ganhar um torneio curto, com jogos eliminatórios, como a Copa do Brasil. Será neste domingo? Leia mais (07/15/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Gigantes bons de bola


:: Tostão em 14/07/2018 02:32 ::

A Copa reforçou o que já se sabia, que os jogadores são cada vez mais fortes, altos, velozes e capazes de atuar em maiores espaços. São os gigantes, touros bons de bola. Leia mais (07/14/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

França na final


:: Tostão em 11/07/2018 03:41 ::

A França está na final, merecidamente. Foi um jogo equilibrado, de muita técnica, tática e emoção. As duas seleções, quando perdiam a bola, voltavam, marcavam e, depois, atacavam com muitos jogadores. A seleção francesa tem excelentes atacantes, como Mbappé e Griezmann, mas a força principal do time está no sistema defensivo, pelo posicionamento, pela qualidade dos zagueiros e dos três do meio-campo (Pobga, Kanté e Matuidi), que marcam e jogam muito, especialmente Kanté e Pogba.? Leia mais (07/11/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Brasil caiu na arapuca


:: Tostão em 10/07/2018 02:36 ::

A enorme diferença técnica entre os grandes times europeus e os sul-americanos ocorre por um motivo óbvio, a contratação, pelos europeus, dos melhores jogadores da América do Sul e de todo o mundo. No confronto entre seleções, essa superioridade não deveria existir, mas tem acontecido, porém em proporções muito menores. Será a quarta Copa seguida vencida por europeus. Leia mais (07/10/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Jogo de riscos


:: Tostão em 08/07/2018 03:38 ::

A partida continua. Antes da Copa, Tite planejou e treinou em dois amistosos, contra Alemanha e Rússia, as duas formações táticas que usaria no Mundial da Rússia. Leia mais (07/08/2018 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Faltou um De Bruyne no Brasil


:: Tostão em 06/07/2018 23:53 ::

Estou triste. Confesso que também me iludi, pois achava que o Brasil, apesar das deficiências mostradas na marcação do meio-campo, contra o México, venceria, pela tradição, pela qualidade dos jogadores e pelo conjunto. Leia mais (07/06/2018 – 23h05)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.